Creating and sharing knowledge for telecommunications

Estudo dos Níveis de Actividade Física de uma População Rural Portuguesa

Dias , G. ; Clemente, F.M.C. ; Rocha, R. ; Martins, F. ; Mendes, R.

Gymnasium Vol. 5, Nº 7, pp. 59 - 86, March, 2014.

ISSN (print): -4889
ISSN (online):

Journal Impact Factor: (in )

Digital Object Identifier:

Abstract
Este estudo teve como objetivo avaliar os níveis de atividade física de uma
população rural portuguesa e contextualizar as implicações práticas na saúde.
Foi aplicado o questionário de atividade física IPAQ (International Physical
Activity Questionnaire) – versão curta 8 e versão longa 6, instrumento validado
no Brasil e indicado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para estimar o
nível de atividade física de populações de diferentes países. A amostra foi
constituída por 21 mulheres (M=42.37, SD=2.20 anos de idade) e 21 homens
com (M=39.14, SD=3.23 anos de idade) para aplicação do IPAQ versão curta,
bem como 25 mulheres (M=34.92, SD=2.41 anos de idade) e 25 homens
(M=35.76, SD=2.78 anos de idade) para aplicação do IPAQ versão longa, isto
num total de 92 participantes. Os resultados dos dois questionários indicam
uma tendência de os indivíduos do género masculino serem mais ativos do que
os do género feminino, principalmente em atividades vigorosas e intensas,
excetuando o ambiente familiar. Constata-se ainda que baixos níveis de
atividade física e hábitos de vida sedentários podem ter consequências nocivas
para a saúde, principalmente no que diz respeito ao aumento de doenças
cardiovasculares, hipertensão arterial e risco de incidência de cancro.

Palavras-chave: Atividade Física; Imagem Corporal; Saúde; Estilos de
Vida; População Rural.